Paulo Camelo

Poesia é sentimento. O resto é momento.

Áudios

Procuro alguém
Data: 04/08/2006
Créditos:
Título: Procuro alguém.
Autor: Paulo Camelo
Voz: Paulo Camelo
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Procuro alguém
Para afastar de mim a solidão
que me atormenta e teima em me punir,
pra não passar mais noites sem dormir,
pra não ferir de morte o coração,

procuro alguém que entenda o meu viver,
que troque confidências, ouça o pranto,
entenda o riso e cante quando eu canto,
alguém que saiba como me envolver.

Procuro alguém que entenda a poesia
em cada pranto, em cada canto, alguém
que saiba interpretar meu sentimento.

Alguém assim procuro noite e dia
e, para te encontrar, tu sabes bem,
corri os quatro cantos, solto ao vento.
Enviado por Paulo Camelo em 04/08/2006

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras