Paulo Camelo

Poesia é sentimento. O resto é momento.

Textos
Título Categoria Data Leituras
Veredicto Sonetos 08/07/16 39
Desmantelo Sonetos 22/01/16 48
Que me desculpe Aldebarã Sonetos 04/01/15 53
Azeviche Sonetos 04/01/15 36
Pré-senil Sonetos 15/10/14 24
Os teus olhos azuis Sonetos 15/10/14 51
A rede na varanda Sonetos 05/06/14 49
Verso Melodia Sonetos 09/01/13 76
Inquietude Sonetos 07/01/13 44
Insistência Sonetos 06/01/13 25
Resposta vaga Sonetos 06/01/13 51
Facebookeando Sonetos 04/01/13 62
Fiel mentiroso Sonetos 17/04/12 86
Madrugada finda Sonetos 17/04/12 50
Insisto Sonetos 17/04/12 39
Soneto a José Geraldo Távora Sonetos 17/04/12 19
Doação Sonetos 17/04/12 18
O preço da paixão Sonetos 17/04/12 31
Um soneto em tom maior Sonetos 17/04/12 30
O silêncio do olhar Sonetos 17/04/12 31
Página 1 de 22 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras