Paulo Camelo

Poesia é sentimento. O resto é momento.

Textos

Pré-senil
Estava em Portugal – ou Moçambique,
eu já não sei ao certo – e então me vi
num amplo ancoradouro – ou era um dique? –
em pleno Mar Egeu – ou por ali.

E, mágico que eu sou, bastou-me um clique
e eu me comuniquei, me diverti,
participei de guerras, dei chilique,
e nada aconteceu, então sorri.

Sorri como se fosse a quarta-feira
após um carnaval bem resolvido
e ainda me restasse o bacalhau.

Então, compreendi a brincadeira
em minha mente. Agora eu não duvido:
esse alemão plantou-me um vendaval.
Paulo Camelo
Enviado por Paulo Camelo em 15/10/2014
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Paulo Camelo - www.camelo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras