Paulo Camelo

Poesia é sentimento. O resto é momento.

Textos
Título Categoria Data Leituras
Trova CXIV Trovas 08/11/11 10
Trova CXIII Trovas 08/11/11 4
Trova CXII Trovas 08/11/11 8
Trova CXI Trovas 08/11/11 6
Multicor Sonetos 08/11/11 21
Gatuno trapalhão Contos 04/11/11 39
A parada Contos 04/11/11 22
Alforria Sonetos 05/10/11 27
O baobá Crônicas 05/06/11 424
Há esse mar Sonetos 23/05/11 135
Amar, sim Poesias 19/05/11 153
Limerickarnaval Poesias 06/05/11 44
Sem acento é diferente Letras de Música 27/02/11 227
Discurso de Posse na Alane Discursos 27/02/11 188
Espelho do meu eu Sonetos 12/02/11 110
Gemo Poesias 24/12/10 69
Não sai mais dos olhos meus Poesias 11/12/10 58
O gosto da saudade Poesias 11/12/10 76
Não ouvem a voz do baixo Poesias › Glosa 11/12/10 49
Sogra transgênica Poesias 11/12/10 46
Página 9 de 47 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]
Site do Escritor criado por Recanto das Letras