Paulo Camelo

Poesia é sentimento. O resto é momento.

Textos
Título Categoria Data Leituras
••• Crônicas 13/04/05 131
A arte é fácil? Crônicas 18/05/06 355
Ambissex Crônicas 01/07/13 66
Antevendo descoberta Crônicas 29/08/16 34
As armadilhas de um plebiscito Crônicas 05/07/13 48
Colheita ou coleta? Crônicas 14/03/23 114
De cometas e “Cometas” Crônicas 05/04/05 115
E agora, poesia? Crônicas 05/04/05 373
Esses homens primitivos e suas brincadeiras perigo Crônicas 28/03/05 1618
Mais uma oração Crônicas 02/12/08 102
Meu pai Crônicas 13/04/05 767
Noite de outubro Crônicas 31/03/05 116
Nosso Poeta nos deixou Crônicas 21/10/06 233
O baobá Crônicas 05/06/11 440
O feriado controverso Crônicas 14/06/14 3834
Parábola da lembrança da queda Crônicas 22/05/13 43
Prisão livre Crônicas 10/04/05 96
Protagonista inconsciente Crônicas 04/07/13 43
Quem tem boca não vaia Crônicas 10/10/13 229
Um beijo nos pés Crônicas 07/05/05 1156
Página 1 de 2 1 2 próxima»
Site do Escritor criado por Recanto das Letras