Paulo Camelo

Poesia é sentimento. O resto é momento.

Textos
Título Categoria Data Leituras
Pus no mar do esquecimento Poesias › Glosa 20/07/23 7
Eu quero é dormir na praça Poesias › Glosa 11/05/20 37
Não ouvem a voz do baixo Poesias › Glosa 11/12/10 50
O mar pode esperar Poesias › Glosa 23/11/10 110
Não quero muita conversa Poesias › Glosa 23/11/10 70
O azeite e o ronco Poesias › Glosa 23/11/10 53
Vinho e poesia Poesias › Glosa 28/06/08 1334
Feixe de saudade Poesias › Glosa 23/06/08 123
Essa magia Poesias › Glosa 14/05/08 105
Sorriso e lágrima Poesias › Glosa 07/03/07 175
Não pude esquecer Poesias › Glosa 06/10/06 121
Solidão Poesias › Glosa 04/09/06 79
Retornei à casa antiga Poesias › Glosa 16/08/06 93
Velha rede Poesias › Glosa 13/08/06 232
Glosa ao sorriso Poesias › Glosa 11/06/06 71
Dois olhos cheios d’água Poesias › Glosa 04/06/06 74
Conversa enluarada Poesias › Glosa 22/05/06 106
Se não houvesse a mulher Poesias › Glosa 17/03/06 65
Site do Escritor criado por Recanto das Letras