Paulo Camelo

Poesia é sentimento. O resto é momento.

Textos
Título Categoria Data Leituras
Procuro alguém Sonetos 04/08/06 335
Amores diversos Poesias › Redondilha 20/12/07 304
A dor que dói em mim Poesias 02/04/05 304
Natal sempre Natal › Mensagens 03/12/05 300
Glória Textos Eróticos › Poesias 05/07/05 294
Sextina da vida Poesias 07/04/05 294
Que lugar é esse? Contos 28/03/05 292
Haicai Haikais 04/04/05 281
Menina marota Poesias 26/02/06 266
Eu não te esqueço Poesias › Amor 31/03/05 260
A natureza me ensina Sonetos 14/04/06 253
Leitura estranha Contos 23/07/07 247
Limerickorrupção Poesias 23/09/05 244
Consumatum est Discursos 20/02/06 243
O teu amor florescerá Sonetos 01/04/06 242
Assim te conheci Acrósticos 08/04/05 235
Caldo de cana com banana Poesias 27/03/05 235
Discurso de agradecimento ao prêmio Waldemar Lopes Discursos 27/01/16 234
Nosso Poeta nos deixou Crônicas 21/10/06 233
Velha rede Poesias › Glosa 13/08/06 232
Página 3 de 49 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » «anterior próxima»
Site do Escritor criado por Recanto das Letras